Pular para o conteúdo principal

EXAME DE TERMOGRAFIA CLÍNICA




TERMOGRAFIA CLÍNICA  ou termoscopia digital computadorizada – na medicina é uma técnica de registro gráfico das temperaturas da superfície da pele, usando uma câmera infravermelha de alto desempenho associado a um software específico capaz de medir a radiação infravermelha emitida pelo corpo, podendo refletir uma fisiologia normal ou anormal. Uma cor é atribuída baseada na temperatura registrada naquela parte da pele.
Imagens com os dados térmicos são geradas em tempo real e em um instante, uma área extensa do corpo humano pode ser vista.
O exame não apresenta riscos, altamente preciso e as imagens saem quase instantaneamente. Isto faz da termografia infravermelha uma ferramenta muito útil para profissionais de saúde na hora de diagnosticar, tratar e fazer prognósticos. É 100% seguro. Não envolve radiação. Não tem dor. Não é invasiva. Funciona perfeitamente para acompanhamento de tratamentos, documentando sua resposta, positiva ou não.
O aparelho fornece um mapa digital do corpo em que os padrões de calor são mostrados.  Para o profissional especializado que está analisando estas alterações nos padrões, elas podem servir de bandeira vermelha para alertar de alguma doença ou anormalidade.
Termografia é usado por alguns especialistas como uma ferramenta muito valiosa no diagnóstico, tratamento e monitoramento de câncer, processos inflamatórios, fibromialgia, disfunções vasculares e lesões neuro-músculo-esqueléticas (hérnias, lesões em chicote, lesões musculares etc.), articulares, avaliação de doenças arteriais, doenças de pele como tumores e outras alterações inflamatórias, alterações gastro-intestinais, no figado, endocrinológicas como na tireoide, doenças alérgicas, auxiliar na acupuntura etc. Em resumo, pode detectar e facilitar a pesquisa de processos inflamatórios mesmo iniciais até graves em qualquer parte do corpo que podem ser “alimentadores” de inflamação crônica para o organismo, assim causando doenças. Detecta também regiões de baixa vascularização ou temperatura como obstruções arteriais e isquemias ou varizes. A dor pode ser “vista” e doenças como fibromialgia tem uma caracterização clássica como em nenhum outro exame.
O paciente recebe uma cópia do exame na consulta.
Na nutrição pode ser uma ferramenta útil para  várias situações assim como aspecto de disbiose intestinal (alteração da flora intestinal) que pode refletir lesão intestinal com repercussões no organismo como um todo. Eu utilizo essa tecnologia também para tratamento nutricional da Obesidade.